Sapore apoia projeto Chef Aprendiz nas edições de Embu das Artes e Belenzinho

Com intuito de apoiar iniciativas sociais, a Sapore está patrocinando o projeto “Chef Aprendiz”, realizado pela Fadaris – Instituto de Desenvolvimento, Educação e Cidadania.

O projeto reúne jovens, de 17 a 24 anos, que vivenciam aulas teóricas e práticas de gastronomia e autodesenvolvimento para preparação ao mercado de trabalho. Para concluir o ciclo das oficinas, o projeto realizou uma competição final, na última sexta-feira, dia 24 de junho, com a turma de Embu das artes, no Grand Hyatt São Paulo, onde os participantes apresentaram um menu completo para chefs e donos de restaurantes que possuem vagas de emprego, dentre eles, a Sapore.

No dia 08/07, sábado, será realizada a competição final da turma de Belenzinho, no Hotel Renaissance em São Paulo. 

Além de avaliar as receitas dos pratos e o desempenho durante a competição final, o time do Chef Aprendiz contabiliza, para o resultado dos ganhadores, algumas informações individuais dos jovens como: pontualidade, participação, capacidade de trabalhar em grupo, execução das tarefas e cuidado com os materiais, conforme informações divulgadas pelo projeto Fadaris. 

Os melhores colocados já saem do evento com entrevistas de emprego agendadas, no entanto, os demais também recebem apoio para buscarem a primeira oportunidade de trabalho na área gastronômica.

Sobre o projeto Chef Aprendiz: 

Atuando desde 2015 em comunidades da capital paulista, já impactou 652 pessoas das regiões de Paraisópolis, Campo Limpo, Glicério, Jd. Colombo, Valo Velho, Capão Redondo, Chuvisco, Liberdade, Vila Andrade, Americanópolis e Fraternidade. As quatro primeiras edições aconteceram com financiamento coletivo, e em 2019, o projeto passou a ser realizado com auxílio de leis de incentivo, como Proac e Promac. 

Durante quase seis meses, aproximadamente 20 jovens, de 17 a 24 anos, vivenciam aulas teóricas e práticas sobre gastronomia e autodesenvolvimento, como técnicas básicas de cozinha, história da gastronomia, nutrição, legislação, dinâmicas psicoterapêuticas em grupo, autoconhecimento, gestão emocional, elaboração de currículo, dentre outros. 

Ao todo, são 40 oficinas realizadas na comunidade atendida, divididas em 3 eixos: 

  • Meu mundo interno: gestão emocional, autoconhecimento, meditação, apoio psicológico, dinâmicas de psicodrama, além de outras dinâmicas psicoterapêuticas em grupo.
  • Mundo do trabalho: educação financeira, preparo para entrevistas de emprego, elaboração de CV, carreira e outros temas relacionados ao universo profissional.
  • Mundo da cozinha: técnicas básicas, história da gastronomia, nutrição, receitas práticas, legislação e conteúdos do Ensino Médio aplicado.

Curiosidades sobre o projeto 

  • São 12 edições realizadas
  • Mais de 180 jovens formados
  • Até 2022, 90% dos alunos receberam uma oportunidade na área
  • Desde 2015, aproximadamente 73% de todos os participantes estão trabalhando ou participando de entrevistas de emprego

Para saber mais: assista o vídeo e visite o site. 

Sobre Fadaris 

O Fadaris – Instituto de Desenvolvimento, Educação e Cidadania, fundado por Beatriz Mansberger em 2015, tem como objetivo trabalhar o capital social e cultural das pessoas nas comunidades em que atua, mobilizando habilidades por meio de temas interessantes e estimulantes. 

Compartilhe nas redes

Deixe seu comentário

Concordo que meu comentário será aprovado por um administrador da página

oito − 1 =

Tags

Receba novidades por e-mail


    Declaro que li e estou de acordo com a política de privacidade

    Assuntos relacionados