Associação Daniel Mendez forma mais uma turma de jovens

Partindo da filosofia “melhor que dar o peixe é ensinar a pescar”, a metodologia Pescar usada na Associação Daniel Mendez, formou mais 28 jovens em vulnerabilidade social, no dia 15 de dezembro.

A formatura dos jovens das turmas 2021/2022, aconteceu na sede da Sapore, em Campinas-SP e contou com a participação dos professores e gestores da companhia.

Uma das coisas mais gratificantes em toda essa jornada é ver o desenvolvimento dos jovens e a evolução de cada um. Eles descobrem que são mais fortes do que imaginam, tem o mundo inteiro pela frente, são corajosos, capazes e nos ensinam muito. Agradeço a todas as famílias que nos permitiram entrar em suas vidas, também agradeço ao nosso presidente Mendez e ao CEO Elezir por acreditarem na Associação. Outra pessoa importante nesse projeto é a nossa diretora de RH, Teresa Caldas, que faz a diferença todos os dias”, diz Camila da Cruz, coordenadora do Projeto Pescar.

A Associação oferece a jovens de 16 a 18 anos, serviços sócios educativos que permitem o desenvolvimento pessoal e profissional. As disciplinas ofertadas estabelecem direções que contribuem com o trabalho em equipe, marketing pessoal, cidadania, autoconhecimento e inteligência emocional. A iniciativa também possibilita o contato dos jovens com os departamentos da Sapore, como Recursos Humanos, Comunicação e Marketing, Tecnologia da Informação, Comercial e Segurança do Trabalho.

 

A estudante de 17 anos, Sara Florentino Batista, foi uma das formandas, que entrou no projeto em abril de 2022 e descobriu, através do tempo que passou no departamento de Medicina e Segurança no Trabalho, que quer ser enfermeira.

 

Voluntariado na Associação Daniel Mendez

O Projeto abre vagas todos os anos para os colaboradores da Sapore se voluntariarem e compartilharem seus ensinamentos com os estudantes.

A Daniela Ianes, do departamento de Operações é voluntária há 5 anos e ministra aulas de Excel para os jovens. Foi nessa experiência que notou o potencial de um dos jovens, que hoje integra ao time de efetivos da companhia, assim como outros que tiveram a oportunidade de construir uma carreira dentro da Sapore.

“As aulas que ministro duram três meses e acontecem uma vez por semana, com conteúdos de Excel que envolvem fórmulas, tabela dinâmicas, boa parte do básico a gente consegue passar, inclusive fazemos uma avaliação no final. Ver esses meninos nos departamentos crescendo, evoluindo, ensinando os outros, enche meu coração. Eu tive muito apoio na minha carreira profissional, principalmente sobre Excel, então eu tento passar isso também”, relata Daniela.

O Projeto Pescar

As aulas têm início em janeiro e conclusão em novembro, com aulas de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, na sede da Sapore, onde também fica a Associação Daniel Mendez que aplica conteúdo contribuindo para o desenvolvimento dos jovens.

Após onze meses, os jovens terminam o Projeto com a oportunidade de ingressar ao mercado de trabalho.

Compartilhe nas redes

Deixe seu comentário

Concordo que meu comentário será aprovado por um administrador da página

dezoito + 18 =

Tags

Receba novidades por e-mail


    Declaro que li e estou de acordo com a política de privacidade

    Assuntos relacionados